Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

Na casa da Ferrari, Leclerc consegue a 8.ª pole position da temporada

O monegasco foi o mais rápido da qualificação em Monza. Verstappen, autor da segunda melhor marca, foi penalizado por ter mudado o motor de combustão interna, partindo Russell atrás de Leclerc

Lusa

Clive Mason/Getty

Partilhar

Charles Leclerc (Ferrari) conquistou a pole position para o Grande Prémio de Itália de Fórmula 1. Em Monza, a casa da escuderia transalpina, o monegasco deu, assim, uma alegria aos tiffosi da Ferrari

Leclerc fez a sua melhor volta em 1.20,161 minutos. “Foi incrível. Sabia que o carro tinha muito potencial e tinha de juntar tudo para uma boa volta”, disse Leclerc, que somou a oitava pole da temporada, em 16 corridas.

Já Verstappen, apesar do segundo melhor tempo, vai partir para a corrida italiana do sétimo lugar da grelha, depois de a equipa ter optado por mudar o motor de combustão interna do seu Red Bull.

Verstappen, campeão em título e líder destacado do Mundial, é um dos nove pilotos penalizados nesta corrida por troca de componentes no carro.

A lista inclui o outro piloto da Red Bull, o mexicano Sérgio Pérez, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), o espanhol Carlos Sainz (Ferrari), o francês Esteban Ocon (Alpine), o alemão Mick Schumacher (Haas), o finlandês Valtteri Bottas (Alfa Romeo), o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas) e o japonês Yuki Tsunoda (Alpha Tauri).

Quem mais beneficiou com estas penalizações foi o britânico George Russell (Mercedes), que, apesar do sexto melhor tempo, vai partir da segunda posição da grelha.

O holandês Nyck de Vries, piloto da Mercedes na Fórmula E, foi chamado à pressa pela Williams para substituir o tailandês Alexander Albon, acometido por uma apendicite aguda.

De Vries tinha participado nos treinos livres de sexta-feira com um Aston Martin.

O GP de Itália é a 16.ª prova da temporada de Fórmula 1, de um total de 22 corridas.