Tribuna Expresso

Perfil

Fórmula 1

Leclerc vence GP da Áustria e encurta a distância para Verstappen

O monegasco concluiu as 71 voltas ao Red Bull Ring com 1,532 segundos de vantagem sobre Verstappen, que foi segundo, e 41,217 sobre o britânico Lewis Hamilton, que foi terceiro classificado

Expresso e Lusa

Clive Rose

Partilhar

Desde o Grande Prémio da Austrália, a 10 de abril, que Charles Leclerc (Ferrari) não bebia o champagne mais saboroso que existe no pódio. Esta tarde, na Áustria, o piloto do Mónaco ganhou a terceira corrida da temporada 2022 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 e aproximou-se de Max Verstappen, segundo classificado e atual campeão, na corrida pelo título.

Leclerc concluiu as 71 voltas ao Red Bull Ring com 1,532 segundos de vantagem sobre o Verstappen, que foi segundo, e 41,217 sobre o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que foi terceiro classificado.

Quando estava em terceiro, Carlos Sainz, colega de Leclerc na Ferrari, teve de abandonar o carro, à passagem da volta 57, quando este começou a revelar chamas e a pintar um cenário perigoso. Sentado na relva nas imediações da pista, o espanhol parecia verdadeiramente desolado.

Uma das surpresas da tarde foi o desempenho de Mick Schumacher, que terminou na sexta posição, repetindo a angariação de pontos tal como fizera no último Grand Prémio, no Reino Unido. Foi a primeira vez que o filho de uma das maiores lendas da Fórmula 1 ganhou pontos.

Com estes resultados, Verstappen, que fez a volta mais rápida da corrida, mantém a liderança do campeonato, com 208 pontos, enquanto Leclerc está, agora, em segundo, com 170.