Perfil

Benfica

Roger Schimdt: “O nosso objetivo era vencer, não era vencer por muitos golos”

Na entrevista rápida à “Eleven Sports” depois do triunfo (6-1) do Benfica contra o Maccabi Haifa, o treinador alemão mostrou-se muito satisfeito pelo resultado obtido, revelando que pensava passar em primeiro por ter mais pontos que o PSG, não através dos golos marcados. Quanto à fase seguinte da Champions, Schmidt avisa que é preciso “estar pronto para a I Liga” já no fim-de-semana

Pedro Barata

JACK GUEZ/Getty

Partilhar

Já falou com os jogadores?

“Dei-lhe os parabéns pelo que fizeram. Fizeram um grande trabalho, estiveram em grande nível. Pensávamos que o faríamos através de conseguir mais pontos que o PSG, mas, no final de contas, ambos ganharam e conseguimos através dos golos que marcámos”

Gestão da partida tendo em conta o que acontecia no Juventus - PSG

“O nosso objetivo era vencer, não era vencer por muitos golos. É muito difícil jogar contra o Maccabi Haifa, mas na segunda parte tivemos o nosso momento. Marcámos o quarto, o quinto. Os jogadores deram tudo para fazer o sexto, mas foi algo do momento, porque surgiu a oportunidade"

Saídas de Gonçalo Ramos e Aursnes na primeira parte

“Vamos ver, não tenho a certeza. O Gonçalo tem um problema no tornozelo, o Aursnes tem um na coxa. Veremos, não quisemos arriscar"

Outras equipas da próxima fase quererão evitar o Benfica?

“Não quero pensar dessa forma. Também temos muito respeito por quem está na fase seguinte da Liga dos Campeões. Estamos felizes com o que alcançámos, mas no fim-de-semana voltaremos a ter de estar prontos para a I Liga"