Perfil

Portugal

Federação Portuguesa de Futebol esconde tipo de contrato com Roberto Martínez

O presidente da FPF, Fernando Gomes, não esclarece se o “novo ciclo” da seleção nacional dita uma mudança na relação contratual com a equipa técnica. Modelo anterior negociado com Fernando Santos acabou na Justiça

Elisabete Miranda e Rui Gustavo

ANTÓNIO PEDRO SANTOS

Partilhar

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, já apresentou Roberto Martínez ao país e já lhe estabeleceu um mandato — garantir pelo menos as meias-finais no Euro 2024 e no Mundial de 2026. Contudo, até ao momento, não revelou quanto vai pagar ao novo selecionador e recusa-se a explicar que tipo de contrato vai celebrar com a equipa técnica do treinador espanhol: se continua a querer contratar tudo em pacote, a uma empresa que coordena a equipa técnica, ou se celebrará contratos individuais.

A primeira versão arrisca colocar o Fisco no encalço do ex-selecionador da Bélgica, como aconteceu com Fernando Santos. A segunda opção será um sinal de validação da sentença do tribunal arbitral a condenar Fernando Santos, mas que ainda não transitou em julgado.

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

Já é assinante?
Comprou o Expresso? Insira o código presente na Revista E para continuar a ler