Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Jogadores de Benfica e Sporting juntaram as famílias na ceia de Natal e o clube da Luz não gostou

Como é habitual nestas situações, foi uma publicação nas redes sociais que denunciou a ceia de Natal das famílias de Lucas Veríssimo, do Benfica, Tabata e Matheus Reis, do Sporting, e ainda Lucas Fernandes, do Portimonense. De acordo com o "Record", o Benfica lembrou a covid-19 e não gostou da iniciativa

Tribuna Expresso

Gualter Fatia

Partilhar

A mulher de Lucas Veríssimo não resistiu a mostrar a ceia de Natal nas redes sociais. A festa juntou o defesa do Benfica e a sua família, mas também Tabata e Matheus Reis, jogadores do Sporting, bem como Lucas Fernandes, atleta do Portimonense. A iniciativa caiu mal na Luz.

Os dirigentes encarnados usaram o aumento nos casos de covid-19 para justificar a sua indignação. De acordo com o “Record”, os jogadores teriam sido alertados para não participarem em festas com muita gente. Além disso, os responsáveis do Benfica não terão gostado de ver o seu defesa central num espaço fechado e sem que algum dos presentes usasse máscara.

Lucas Veríssimo está afastado dos relvados por longos meses, depois de ter sido operado ao joelho direito. No entanto, o Benfica sabe que é quase inevitável o contacto entre os diversos elementos do plantel. De acordo com o “Record”, Veríssimo ouviu uma chamada de atenção da parte do clube, que o aconselhou a redobrar os cuidados.

Lembre-se que Grimaldo testou positivo à covid-19, o que trouxe à memória a crise de há um ano, que Jesus utilizou para justificar parcialmente a perda do campeonato. Desta vez, o espanhol foi isolado imediatamente após o jogo com o FC Porto, para a Taça de Portugal.

Do lado do Sporting não parece haver grande preocupação com a ceia de Natal que envolveu dois dos seus jogadores. O clube promove testes (quase) todos os dias e o “Record” acrescenta que os dirigentes leoninos consideram salutar os jogadores divertirem-se na companhia de amigos e respetivas famílias.