Tribuna Expresso

Perfil

Râguebi

Mulheres vão jogar com proteções bucais ‘inteligentes’ no Mundial de râguebi que ajudam a detetar traumatismos cranianos

Vão ser fornecidas proteções smart a todas as jogadoras que participem no Campeonato do Mundo de râguebi para ajudar a perceber melhor e reduzir as concussões no jogo. A World Rugby quer que a prova, agendada para outubro e novembro, seja “o evento desportivo mais avançado de sempre em termos de bem-estar das jogadoras”

Expresso

Roberto Bregani/Getty

Partilhar

As jogadoras de todas as seleções participantes no Campeonato do Mundo de râguebi feminino vão receber proteções bucais tecnologicamente avançadas que pretendem ajudar a detetar traumatismos cranianos durante as partidas. A World Rugby anunciou, esta quarta-feira, a medida, possibilitada pelo acordo com um dos patrocinadores do evento.

Através do protocolo, explica a organização, “as proteções irão ser incluídas num pacote de iniciativas inovadoras que poderá fazer do Campeonato do Mundo de râguebi 2021 [adiado devido à pandemia] um dos mais avançados torneios desportivos internacionais”. A World Rugby sublinha que “todas as equipas deram o seu apoio à iniciativa”.

A tecnologia presente no dispositivo irá permitir aos investigadores o acesso à frequência e à magnitude do contacto entre cabeças, entre outros dados, fornecendo medições precisas e fiáveis do comportamento nos treinos e nos jogos a jogadoras, treinadores e estudiosos.

No seu site, a World Rugby refere: “Os dados recolhidos ajudarão a prevenir acidentes, particularmente em jogadoras de râguebi, o que sublinha o compromisso da World Rugby com a investigação específica sobre mulheres e as iniciativas de bem-estar social”. A organização informa ainda que “os dados recolhidos irão ser combinados com os de mais de 1.000 jogadoras juniores, da comunidade e de elite, para dar uma imagem detalhada do que significa praticar râguebi a todos os níveis”.

Alan Gilpin, dirigente da World Rugby, afirmou: “Nunca ficaremos parados no que diz respeito a abraçar a última tecnologia com potencial para melhorar o bem-estar dos praticantes de râguebi. O Campeonato do Mundo é o ponto mais alto do nosso jogo. (…) Vamos fazer do Mundial 2021 o evento desportivo mais avançado de sempre em termos de bem-estar das jogadoras”.

A prova será disputada entre os dias 8 de outubro e 12 de novembro de 2022, na Nova Zelândia.