Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Jorge Jesus coloca Pizzi a treinar à parte (e presença do técnico no clássico ainda não é certa)

Ambiente tenso na Luz a dois dias do jogo com o FC Porto para a I Liga. Jorge Jesus afastou Pizzi do grupo de trabalho no treino de segunda-feira e "A Bola" e o "Record" dizem que continuidade do treinador do Benfica não está garantida

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

O regresso do Benfica aos treinos após os dias de folga para o Natal ficou marcado pelo afastamento de Pizzi, colocado a treinar à parte por Jorge Jesus a apenas dois dias de novo confronto com o FC Porto, agora a contar para a I Liga.

O médio, um dos capitães de equipa, terá pedido mais atitude a colegas e equipa técnica no balneário após a derrota (3-0) da última semana na Dragão para a Taça de Portugal, o que levou a uma reação, no momento, do secretário técnico, Luisão.

Jorge Jesus, recorde-se, não estava presente no clássico devido a sanção, mas no regresso aos treinos no Seixal não terá deixado passar a situação em claro, castigando o internacional português.

Tanto jogador como treinador já chegaram ao Seixal na manhã desta terça-feira.

Ambiente difícil antes do clássico

Tanto "A Bola" como o "Record" dão conta nas edições desta terça-feira do ambiente difícil que se vive no Benfica, frisando que o futuro de Jorge Jesus na Luz está tremido. O "Record" diz mesmo que o plantel encarnado terá recusado treinar depois do treinador afastar Pizzi e que só a intervenção de Rui Costa terá serenado os ânimos, numa altura em que o decisivo jogo com o FC Porto está próximo.

Os dois diários avançam ainda que Jorge Jesus e Rui Costa vão reunir-se esta terça-feira, não dando por garantida a presença do treinador no Dragão. Isto numa semana em que chegou a ser dado como muito próximo o regresso do treinador ao Flamengo, antes do clube brasileiro acertar com Paulo Sousa, o que, de acordo com a imprensa do Brasil, não terá agradado Jorge Jesus, que acreditava que o emblema pelo qual venceu um Brasileirão e uma Libertadores esperaria pela definição da sua situação na Luz até ao final do ano.

De recordar que Jorge Jesus termina contrato com os encarnados no final desta época.

  • Jesus reuniu-se com Flamengo, Benfica nega interesse do treinador em regressar ao Brasil “nesta altura”
    Benfica

    O treinador do Benfica reuniu-se com representantes do Flamengo, na noite de terça-feira, a quem deu conta a intenção de regressar ao Brasil. Tendo contrato até ao final desta época, apurou a Tribuna Expresso, Jorge Jesus quer ditar a sua própria saída. Depois de o adjunto João de Deus dizer que JJ quer cumprir o contrato, o clube da Luz disse que o treinador "não deseja voltar ao Brasil, mas sim voltar a ser campeão pelo Benfica". Uma eventual rescisão custaria €6 milhões, mas Jesus não é o único treinador português que já foi sondado pelo Flamengo