Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Jogadores do Benfica chegaram ao Seixal para treinar, mas saíram. Jorge Jesus estará de saída da Luz

Treino da manhã desta terça-feira não aconteceu. Jogadores chegaram ao Seixal mas deixaram o centro de estágio pelas 9h30. Jorge Jesus e Benfica estarão a analisar a rescisão de contrato e tudo deverá ficar definido nas próximas horas

Tribuna Expresso

PATRICIA DE MELO MOREIRA/Getty

Partilhar

Jorge Jesus estará de saída do Benfica, com o acordo de rescisão a ficar definido nas próximas horas. Os encarnados tinham treino marcado para a manhã desta terça-feira, às 10h, mas os jogadores encarnados deixaram o centro de treinos do Seixal pelas 9h30. Rui Costa chegou poucos minutos depois da saída dos jogadores.

O plantel encarnado deverá treinar esta tarde, mas já às ordens de Nélson Veríssimo, treinador da equipa B, que já tinha sido o interino do Benfica depois da saída de Bruno Lage. O Benfica joga na quinta-feira com o FC Porto para a I Liga, mas, ao que tudo indica, já não será Jorge Jesus a orientar a equipa.

A crise encarnada terá tido o seu epílogo na segunda-feira, depois do treinador ter afastado Pizzi do treino. O internacional português, que é um dos capitães de equipa, criticou a atitude da equipa após o clássico da última quinta-feira, que terminou com uma derrota por 3-0 para a Taça de Portugal. No regresso aos treinos, Jorge Jesus discutiu com o médio e colocou-o a treinar à parte — e Pizzi terá tido o apoio dos colegas.

De recordar que Jorge Jesus regressou ao Benfica no início de 2020/21, temporada em que os encarnados investiram fortemente no mercado. Na primeira temporada o técnico falhou o acesso à Liga dos Campeões e terminou a época sem qualquer título. Em 2021/22, apesar de ter levado a equipa aos oitavos de final da Liga dos Campeões, leva já quatro pontos de atraso para FC Porto e Sporting e foi eliminado da Taça de Portugal na quinta-feira, com uma derrota por 3-0 frente ao FC Porto.