Tribuna Expresso

Perfil

Ténis

Benoit Paire está de novo infetado: “Testei positivo à covid-19 pela 250.ª vez. Honestamente, não consigo lidar mais com esta merda”

A covid-19 continua a trocar os planos a diversos atletas pelos quatro cantos do mundo. Basquetebol, futebol, ténis, não há modalidade que seja imune à nova vaga de casos. Um dos nomes mais recentes nesta lista de atletas é o tenista Benoit Paire, que, por já ter passado pela situação, começa a perder a paciência

Tribuna Expresso

Grant Halverson

Partilhar

O tenista Benoit Paire anunciou, esta quarta-feira, que voltou a testar positivo à covid-19. O francês já tinha passado pela mesma situação em 2020, quando um teste positivo a poucos dias do Open dos Estados Unidos o obrigou a não participar no torneio. Na mensagem que deixou nas redes sociais, Paire mostrou todo o seu desagrado, pelo resultado e em relação ao ATP.

“Bom dia. Chamo-me Benoit Paire e testei positivo à covid-19 pela 250.ª vez”, lê-se na publicação do tenista. “Honestamente, não consigo lidar mais com esta merda da covid. Como estou? Por causa da covid tenho o nariz a escorrer, mas por causa de todas estas quarentenas passadas em quartos de hotel pelo mundo, não estou bem mentalmente".

Além de todas as quarentenas obrigatórias que o tenista teve que fazer mediante as regras de cada país onde competiu, Paire passou ainda por um período de quarentena, de 14 dias, antes do Open da Austrália deste ano, uma vez que viajou no mesmo avião que uma pessoa infetada.

Em 2022, o francês sabe já que não poderá disputar os jogos que tinha marcados para o início do ano em Melbourne, na Austrália.

“O último ano foi difícil e este começa da mesma maneira. Sou 100% a favor da vacina, mas nesse caso vamos viver como antes da covid-19, caso contrário não vejo o propósito”, acrescentou o jogador, que pertence ao grupo de tenistas que se encontram vacinados.

A publicação de Paire termina com uma questão ao ATP: “Isto é secundário, mas, ATP, como é que defendem os jogadores como no meu caso?".

O próximo torneio do Grand Slam da modalidade arranca no dia 17 de janeiro, na Austrália. A lista final de jogadores em prova é ainda uma incógnita.