Tribuna Expresso

Perfil

Surf

Mais uma viagem, mais uma vitória: Teresa Bonvalot foi a melhor em Pantín, na Galiza

Após conquistar uma etapa do Challenger Series, a principal porta de entrada para o circuito mundial de surf, na Austrália, a campeã europeia de surf venceu em Pantín, no norte de Espanha, uma prova da segunda divisão da qualificação rumo à elite mundial

Lusa

Pedro Mestre/WSL

Partilhar

A surfista portuguesa Teresa Bonvalot ganhou, no domingo, o Pantin Classic Galicia, Espanha, prova do circuito de qualificação da Liga Mundial de Surf (WSL), derrotando na final a britânica Alys Barton, depois de bater a compatriota Yolanda Hopkins nas ‘meias’.

‘Teresinha’, atual campeã europeia, dominou a final e fez 15,76 pontos (em 20 possíveis), nas suas duas melhores ondas (8,33 e 7,43), enquanto a adversária pontuou 10,03 (5,20 e 4,83).

Para atingir a final, a tetra campeã portuguesa Bonvalot (9,43) eliminou nas semifinais Hopkins (8,44), ambas surfistas olímpicas lusas, ao passo que Barton (9,70) deixou a alemã Rachel Presti (9) pelo caminho.

No quadro masculino, o vencedor desta prova de qualificação do circuito europeu da WSL (QS de 1.000 pontos), que decorreu na praia de Pantin, na Galiza (Espanha), foi o espanhol Adur Amatriain (11,67), superiorizando-se ao compatriota Kai Odriozola.

Afonso Antunes e Luís Perloiro foram os atletas portugueses que mais avançaram na prova, mas caíram ambos nos ‘oitavos’.