Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

João Félix pondera sair do Atlético de Madrid se a equipa não continuar na Liga dos Campeões

De acordo com o "As", o jogador formado no Benfica estará preocupado com a ascensão interrompida no mundo do futebol. Quando deixou a Luz, João Félix era visto como um potencial "Bola de Ouro" mas, aos 22 anos, a carreira do internacional português parece estagnada

Tribuna Expresso

Soccrates Images

Partilhar

João Félix não está feliz no Atlético. É o que nos diz o jornal desportivo espanhol “As”, que anuncia um fim à vista para a relação entre o jogador de 22 anos e a equipa treinada por Diego Simeone. O jovem avançado português não se consegue impor como indiscutível no plantel madrileno e, de acordo com o jornal, está preocupado com o futuro do clube na Liga dos Campeões.

A saída do Atlético está a ser encarada como uma forte possibilidade e poderá acontecer já no mercado de inverno. Félix quer salvaguardar, acima de tudo, o futuro promissor que lhe previam no Benfica. O “As” refere que estão a ser preparadas algumas propostas para convencer o clube de Madrid a deixar sair o jogador que nunca encaixou no estilo de jogo de Simeone.

Lembre-se que, em 2019, ano em que venceu o prémio Golden Boy para jogador mais promissor da Europa, Félix foi contratado pelo Atlético por 127 milhões de euros, um recorde mundial para um jogador tão jovem. O “As” refere que “longe de potenciar o seu futebol, o estilo de Simeone obrigou [João Félix] a desgastar-se em determinados aspetos, o que não lhe permite brilhar”. Além disso, nos três anos em Madrid, o futebolista sofreu várias lesões.

Não será fácil convencer o clube a deixar sair o jogador mais caro da sua história. Principalmente se o valor oferecido não igualar o que foi pago em 2019. A hipotética eliminação da Liga dos Campeões poderá facilitar a questão, uma vez que, dessa forma, o Atlético não receberá os milhões europeus com que conta para gerir o seu orçamento.

Há três anos, João Félix era visto como um potencial melhor do mundo. Bastou-lhe meia época na equipa principal do Benfica para convencer vários clubes, sendo que o Atlético acabou por levar a melhor. Na altura, vários comentadores alertaram para um possível erro, pela juventude do viseense, mas também pelo estilo de jogo de Simeone, incompatível com a técnica do português. O “As” acrescenta ainda a vontade que João Félix tem de ser titular da seleção portuguesa, principalmente se o grupo de Fernando Santos conseguir ultrapassar o play-off de acesso ao Mundial do Catar.