Tribuna Expresso

Perfil

Motos

GP São Marino. Quarta vitória consecutiva para Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira termina em 11.º

Italiano da Ducati aproxima-se da liderança do campeonato, depois de cortar a meta em primeiro em Misano, num duelo ao photo finish com Enea Bastianini. Miguel Oliveira (KTM) foi 11.º depois de sofrer uma penalização nas derradeiras voltas

Lídia Paralta Gomes

DANILO DI GIOVANNI/EPA

Partilhar

Francesco Bagnaia conseguiu no GP São Marino a quarta vitória consecutiva no Mundial de MotoGP, subindo a 2.º na tabela dos pilotos e aproximando-se da liderança de Fabio Quartararo, 5.º este domingo no circuito que leva o nome do malogrado Marco Simoncelli.

O italiano tornou-se no primeiro piloto a vencer quatro provas de forma consecutiva com uma Ducati, garantindo a vitória num duelo ao milímetro com Enea Bastianini, que será seu colega de equipa no próximo ano na Ducati oficial. Miguel Oliveira (KTM), que arrancou em 10.º, teve uma corrida discreta, não conseguindo beneficiar dos vários abandonos e quedas que marcaram o GP São Marino, terminando em 11.º depois de sofrer uma penalização nas últimas voltas por ter excedido os limites de pista.

Naquela que foi a última corrida de Andrea Dovizioso, três vezes vice-campeão mundial, o pódio ficou completo com Maverick Viñales, da Aprilia. Jack Miller (Ducati), que partiu da pole, caiu logo à 2.ª volta, terminando na 18.ª posição, já fora dos pontos.

No Mundial, o campeão em título Fabio Quartararo (Yamaha) mantém a liderança, com 211 pontos, tendo agora Bagnaia mais próximo, com 181. Miguel Oliveira é 11.º, com 90 pontos.

Daqui a duas semanas o Mundial regressa com o GP Aragão.