Perfil

Futebol internacional

Dois dias após despedir o treinador, a Salernitana voltou a contratar Davide Nicola: “É a demonstração de que o novo futebol é paixão”

O presidente da equipa de Salerno, atual 16.ª classificada da Série A, ligou ao técnico de 49 anos, que acredita “cegamente no projeto”, apenas 48 horas depois de o despedir

Lusa

NurPhoto

Partilhar

Davide Nicola regressou ao comando técnico da Salernitana depois de ter sido despedido há dois dias devido à goleada sofrida frente à Atalanta (8-2) na Liga italiana de futebol, anunciou esta quarta-feira o próprio treinador nas redes sociais.

Nicola, de 49 anos e a cumprir a segunda temporada no emblema de Salerno, explicou que recebeu um telefonema do presidente Danilo Iervolino e aceitou regressar ao clube, depois de ouvir os argumentos do dirigente.

“Acredito nesta equipa, assim como nos homens que a compõem, tal como acredito no grande clube que está por detrás dela. Amo Salerno e acredito cegamente neste projeto. Estes são os homens de que não quero abrir mão. Agradeço ao presidente por me ter chamado. Esta é a demonstração de que o novo futebol é um futebol de paixão e de coração, e, por isso, quero retribuir a sua confiança com todas as minhas forças e com toda a paixão que tenho”, escreveu o técnico nas redes sociais.

Antigo defesa, Nicola já treinou também Génova, Torino, Udinese, Crotone, Bari e Livorno.

Durante as 48 horas em que esteve afastado do clube, a imprensa italiana apontou o português Paulo Sousa, atualmente sem clube, como o seu possível substituto.

A Salernitana, que no próximo fim de semana recebe o líder Nápoles, segue no 16.º lugar da Série A (em 20 equipas), com 18 pontos.