Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Aubameyang vítima de assalto armado e agredido com barra de ferro. Jogador do Barcelona e a mulher estavam em casa

A polícia catalã procura os autores do assalto, que, de acordo com várias testemunhas, terão fugido num Audi branco. Roubo aconteceu durante a madrugada na casa do avançado gabonês

Expresso

Quality Sport Images/Getty

Partilhar

Pierre-Emerick Aubameyang, jogador do Barcelona, estava em casa com a mulher quando foi vítima de assalto violento, com armas, e que acabou com o internacional gabonês a ser agredido. O incidente, que ocorreu na madrugada de segunda-feira, está agora a ser investigado pela polícia catalã.

Segundo o “El País”, terão sido pelo menos quatro os homens que escalaram o muro da propriedade nos arredores da cidade catalã e a invadiram empunhando armas de fogo e bastões de ferro, que foram utilizados para golpear o futebolista. Também a mulher de Aubameyang terá sido ameaçada para que abrisse um cofre, de onde os assaltantes levaram joias. De acordo com vários testemunhos, os criminosos fugiram num Audi branco.

O roubo terá acontecido à uma da manhã. Terá sido a mulher de Pierre-Emerick a dar o alerta, chamando a polícia.

A maioria dos assaltos do género – bastante comuns – acontece quando os ladrões percebem que não está ninguém em casa. Em alternativa, o crime é cometido de forma discreta, sem que os habitantes deem por ele. O “El País” regista o que aconteceu a Jordi Alba, em 2018. O recurso à violência é menos vulgar, mas as estatísticas de pouco servem a Aubameyang.