Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Antonio Gomis, jovem guarda-redes do Atlético Madrid, estreou-se a jogar pela equipa principal. Como avançado

Com a lesão de Hermoso a meio da 2.ª parte do particular com o Numancia, Simeone ficou com soluções no banco e a única hipótese foi colocar o guarda-redes em campo. A imprensa gostou da estreia de Gomis, numa posição que não é a sua, falando de “pormenores de qualidade” do jovem

Expresso

Quality Sport Images/Getty

Partilhar

Por volta do minuto 76 do amigável frente ao Numancia, o técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, foi obrigado a substituir o defesa central Hermoso, após lesão. Os colchoneros jogavam com menos um há algum tempo e Simeone teve de optar por fazer entrar alguém. Face à ausência de outros suplentes, foi o jovem Antonio Gomis, da equipa B, a dar, pela primeira vez, o seu contributo à equipa principal do Atlético. O que o guarda-redes de 19 anos não esperava era estrear-se como avançado.

Foi com a camisola do ex-FC Porto Felipe que o guardião entrou em campo, para atacar a baliza do adversário. Ao lado de Matheus Cunha, Gomis teve direito a elogios da imprensa espanhola, que referiu “pormenores de qualidade” do jovem formado no Atlético. Depois do teste, se quiser mudar a posição habitual no relvado, Antonio terá de concorrer com Griezmann ou João Félix, entre vários outros.

Nas redes sociais, Antonio Gomis reagiu com natural sentido de humor ao momento inesperado: "Estreia peculiar esta tarde (…). Mas estou muito feliz por desfrutar dos meus primeiros minutos na equipa principal. Posição atípica, mas sempre a aprender e a dar o meu máximo. Obrigado a todos pelo apoio, continuamos a somar experiências novas".