Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

O regresso do arrasta-multidões: 8.000 bilhetes comprados pelo Eintracht para a Supertaça Europeia. Do lado do Real Madrid, apenas 1.800

Depois de ter levado 30 mil espetadores a Camp Nou, na época passada, o Eintracht de Frankfurt promete que não vai ter falta de apoio na discussão da Supertaça Europeia, frente ao Real Madrid. Já foram entregues bilhetes aos dois clubes, com os alemães a terem comprado quase oito vezes mais ingressos do que os espanhóis

Expresso

NurPhoto

Partilhar

Na época passada, o Eintracht de Frankfurt conseguiu encaixar 30 mil espetadores no estádio de Camp Nou, apesar de, alegadamente, apenas terem sido vendidos 5.000 bilhetes aos alemães. A controvérsia instalou-se e muitos adeptos da casa questionaram a forma como teria sido feita a venda.

Nessa altura, a multidão de branco viu a sua equipa eliminar o Barcelona e seguir para as semifinais da Liga Europa, que haveria de vencer. Além de terem enchido o mítico recinto catalão, os adeptos do Eintracht preencheram antes grande parte dos lugares em Sevilha, frente ao Bétis, e também depois, na final, contra o Glasgow Rangers - mas igualmente em Londres, onde defrontaram o West Ham, reconhecido pela força dos seus apoiantes.

É precisamente essa conquista que permite ao clube germânico estar presente na Supertaça Europeia, frente ao vencedor da Liga dos Campeões, o Real Madrid. Os bilhetes para o público em geral serão apenas postos à venda a 19 de julho, próxima terça-feira, mas já foram atribuídos ingressos aos adeptos das duas equipas. A procura por parte dos alemães supera largamente a dos espanhóis. Segundo o jornal “AS”, do lado do Eintracht já foram adquiridas 8.000 entradas, quase oito vezes mais do que da parte do Real, com 1.800.

A UEFA já informou que, no máximo, poderão ser adquiridos quatro bilhetes por pessoa, medida que pretende combater a venda de ingressos no mercado negro. O jogo decorrerá a 10 de agosto, no Estádio Olímpico de Helsínquia, com capacidade para 31.500 pessoas. Os bilhetes mais baratos custam 40 euros, sendo que há descontos especiais para pessoas com deficiência e visibilidade reduzida.