Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Última época de Gareth Bale sai cara ao Real Madrid: foi o futebolista que mais dinheiro recebeu por minutos jogados na época 2021/22

Gareth Bale venceu o campeonato espanhol e a Liga dos Campeões na última época em que esteve ao serviço do Real Madrid, mas em pouco contribuiu para essas conquistas. Jogou pouco ao longo da época 2021/22, o que acabou por fazer dele o futebolista que mais recebeu por minuto entre os jogadores mais bem pagos do mundo. Cristiano Ronaldo é o único português nesta lista

Rita Meireles

ANP

Partilhar

Quando se trata das principais divisões dos campeonatos de futebol de cada país, é certo que os valores envolvidos nos contratos dos jogadores não são baixos. Aliás, olhando para a lista da revista “Forbes” dos desportistas mais bem pagos do mundo, encontram-se três futebolistas logo nas primeiras posições: Messi (1.º), Cristiano Ronaldo (3.º) e Neymar (4.º).

Este é o trio dos mais bem pagos, mas não são os futebolistas que acabam por sair mais caros aos clubes que representam. O website SportingPedia combinou os jogadores que receberam valores mais elevados durante a temporada com dados de tempo de jogo. Desta forma, foi possível calcular o montante real de dinheiro que cada um deles recebeu por minuto a jogar no campo. Os mais bem pagos por minuto não estão em Inglaterra ou França, como os três mencionados anteriormente, mas sim em Espanha, no Real Madrid.

Gareth Bale leva a primeira posição. O jogador esteve em campo durante 290 minutos, divididos entre os sete jogos em que participou. Foram cinco no campeonato espanhol e dois na Liga dos Campeões. O Real Madrid venceu as duas competições. Com um salário anual de mais de 31 milhões de euros, o jogador custou ao clube 94.676 libras por minuto (cerca de 110 mil euros). Bale é agora jogador do Los Angeles FC, da MLS.

O segundo lugar pertence a Eden Hazard. Ainda assim, o jogador custou muito menos por minuto ao Real Madrid do que Bale. Não só por ter um salário anual menor, mas também por ter jogado mais tempo. Esteve em campo durante 903 minutos e ganhou 21.940 libras por minuto (cerca de 25 mil euros).

A fechar o pódio ficou, agora sim, Messi. Na primeira temporada ao serviço do Paris Saint-Germain, o argentino foi opção durante 2.872 minutos. Foram 26 jogos na liga francesa, sete na Liga dos Campeões e um na Taça de França. Recebeu 17.381 libras por cada minuto jogado (cerca de 20 mil euros).

Do PSG estão também Neymar, em quinto lugar, e Kylian Mbappe, em nono. O clube francês pagou 42 mil euros por cada minuto com o trio Neymar, Mbappe e Messi em campo, enquanto que ao Real Madrid custou 135 mil euros ter Bale e Hazard ao mesmo tempo dentro das quatro linhas.

Catherine Ivill

O único português deste ranking de 10 jogadores é Cristiano Ronaldo. Na época em que regressou ao Manchester United, com um salário anual de 20 milhões de libras, o capitão da seleção portuguesa esteve em campo durante 3.221 minutos, entre a Premier League (30), Liga dos Campeões (7) e a Taça de Inglaterra (1). Por minuto jogado recebeu 6.215 libras (7.225 euros). Também do United, David De Gea é o último jogador deste ranking, ao receber 4.710 libras (5.476 euros) por cada um dos 4.140 minutos que jogou.

Mais em cima, na quarta posição, está o único representante de um clube de fora da Europa. Oscar, do Shanghai Port, da China, recebeu 15.124 libras (17 mil euros) por cada minuto jogado (1.854).

Os restantes jogadores atuam na Premier League. Philippe Coutinho, do Aston Villa, está no sexto lugar (11 mil euros por minuto) e Kevin De Bruyne, do Manchester City, está em oitavo (6.972 euros).

A probabilidade de que esta lista passe por várias alterações no próximo ano é bastante grande, tendo em conta que houve já mudanças de contrato, como é o caso de Bale, que mudou de clube. Há ainda vários jogadores em situações de incerteza, como Cristiano Ronaldo ou Neymar.