Tribuna Expresso

Perfil

Futebol internacional

Mais uma vitória gorda do Manchester City e com golos portugueses

Rúben Dias e João Cancelo marcaram os dois primeiros golos do confortável triunfo da equipa de Pep Guardiola por 4-0 frente ao Newcastle. O adversário do Sporting nos oitavos de final da Champions mantém-se assim na liderança isolada da Premier League

Lusa

Stu Forster/Getty

Partilhar

Os portugueses Rúben Dias e João Cancelo ‘faturaram’ este domingo na goleada por 4-0 do Manchester City, adversário do Sporting na Liga dos Campeões, sobre o Newcastle, em jogo da 18.ª jornada da liga inglesa de futebol.

Numa jornada marcada pelo adiamento da maioria dos encontros devido a casos de infeção com o novo coronavírus em várias equipas do futebol inglês, Rúben Dias inaugurou o marcador aos cinco minutos, a passe de João Cancelo, que ampliou a vantagem, aos 27, num remate à entrada da área.

Em St. James Park, com Bernardo Silva no ‘onze’ titular, Mahrez, aos 63, e Sterling, aos 86, fecharam o resultado e garantiram os três pontos, que permitem aos ‘citizens’ somarem o oitavo triunfo consecutivo na liga inglesa e a quebrarem um recorde que pertencia ao Liverpool.

A equipa de Pep Guardiola somou a 34.ª vitória num ano civil na liga inglesa, destronando os ‘reds’, que conseguiram 33 triunfos em 1982, e mantém-se na liderança isolada da prova, com quatro pontos de vantagem sobre o Liverpool, que ainda hoje visita o Tottenham.

O Chelsea atrasou-se na perseguição ao líder, ao empatar sem golos na visita ao Wolverhampton, orientado por Bruno Lage, e com quatro portugueses na equipa titular.

No Moulineux Stadium, o luso Daniel Podence marcou para a equipa casa aos 15 minutos, mas o golo foi anulado por fora de jogo de Raul Jiménez, que, aos 89 minutos, foi substituído por Trincão, que se juntou aos titulares José Sá, João Moutinho e Rúben Neves.

O empate mantém o Chelsea no terceiro posto, mas a seis pontos do líder, e deixa a equipa de Bruno Lage no oitavo posto, em igualdade pontual (25) com o Tottenham, que, no entanto, tem menos quatro jogos disputados.