Tribuna Expresso

Perfil

Futebol feminino

Cláudia Neto de regresso a Portugal, 14 épocas depois. A segunda jogadora mais internacional de sempre vai jogar no Sporting

Jogadora de 34 anos vai reforçar as vice-campeãs nacionais, depois de passagens por Espanha, Suécia, Alemanha e Itália

Lídia Paralta Gomes e Lusa

Gualter Fatia/Getty

Partilhar

Foram 14 temporadas a atuar lá fora, em campeonatos e equipas de topo. Mas agora, Cláudia Neto está de regresso a casa. Aos 34 anos, a centrocampista é reforço do Sporting, deixando a Fiorentina, que representou nas últimas duas épocas. Antes da aventura italiana, a jogadora foi três vezes campeã da poderosa liga alemã, ao serviço do Wolfsburgo.

Natural de Portimão, Cláudia Neto, que começou a jogar no Lagos, passou ainda pelo Prainsa Zaragoza e pelo Espanyol de Espanha e pelo Linkoping da Suécia. No regresso ao seu país, a jogadora que fez 135 encontros pela seleção principal (apenas Carla Couto tem mais internacionalizações), disse estar “feliz e orgulhosa”.

“É uma honra vestir esta camisola. Poder regressar ao meu país e continuar a ser profissional e jogar no Sporting é um motivo de imenso orgulho”, confessou na apresentação em Alvalade. Neto, que deixou a seleção nacional em 2021, sublinhou também que ainda tem “muito para dar, para acrescentar” a uma equipa do Sporting que foi vice-campeã nacional na última temporada, atrás do Benfica.

O regresso a Portugal era uma vontade da jogadora, uma das melhores da história do futebol feminino português e que procurava terminar a carreira no seu país.

“Como em todos os sítios por onde passei, o meu objetivo é sempre ganhar e espero ganhar com a camisola do Sporting. Sempre disse que gostava de acabar a carreira em Portugal e o Sporting está a dar-me essa oportunidade”, frisou.