Tribuna Expresso

Perfil

Ciclismo

Pela segunda vez na carreira, Iúri Leitão é campeão europeu de scratch

Tem 24 anos, é de Viana do Castelo e considera que o "fator surpresa" valeu-lhe a conquista a segunda medalha de ouro da carreira na prova de scratch dos Europeus multidesportos de Munique

Lusa

CHRISTIAN BRUNA/Lusa

Partilhar

O ciclista Iúri Leitão assumiu, este sábado, que “não imaginava” conseguir materializar a prova que idealizou no scratch dos Europeus, acreditando que o fator “surpresa” foi determinante para a sua medalha de ouro em Munique.

“Uma coisa é imaginarmos no hotel, fazer uma projeção da corrida, outra é chegar aqui e conseguir concretizar. Queremos ganhar, mas os nossos adversários também. Todos trabalham igualmente para estar aqui a disputar a corrida. Deixa-me imensamente feliz e orgulhoso poder vencer desta forma”, congratulou-se.

O vianense de 24 anos arriscou muito cedo e ganhou duas voltas de avanço ao resto do grupo de 17, que já não conseguiu reverter a ousadia do minhoto.

“Ontem [sexta-feira] vi com muita atenção a prova do Diogo Narciso e havia facilidade maior em dar volta. Tentei aproveitar isso. Sabia que os adversários estavam cientes desse facto. Notei uma marcão muito cerrada entre os principais candidatos, tentei abstrair-me e esconder-me um pouco, tentando surpreender. Penso que essa foi a chave para o triunfo”, considerou.

Iúri repete o título alcançado em 2020 em Plovdiv, Bulgária, contudo, frisa, “em outros moldes, num ano em que nem toda a gente pode competir”, devido à covid-19.

“Não imaginava chegar aqui e fazer uma prova deste nível, mas vim com o pensamento de poder ganhar. Sei que sou capaz. Eu e a seleção temos trabalhado muito para estarmos ao mais alto nível da Europa e do Mundo”, acrescentou.

O ciclista assumiu o “enorme orgulho de ser português”, agradeceu o crescente apoio ao ciclismo de pista e revelou estar “imensamente feliz” pelo espetáculo que proporcionou aos compatriotas.

“Muito obrigado a todo o país. Continuem a torcer por nós, pois o apoio faz muita falta”, concluiu.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos está a decorrer em Munique até 21 de agosto e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.