Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

CEO do Shakhtar Donetsk elogia comportamento do Benfica no negócio de David Neres: “Eles mostraram que apoiam a Ucrânia”

O homem que gere os destinos do clube ucraniano teceu rasgados elogios ao Benfica. O clube da Luz terá enviado ajuda humanitária para a Ucrânia, além de ter agido “de boa fé” nas negociações por David Neres

Expresso

MAURO PIMENTEL/Getty

Partilhar

Serhiy Palkin, CEO do Shakhtar Donetsk, elogiou o comportamento do Benfica no processo de transferência do brasileiro David Neres, que chegou recentemente à Luz proveniente do clube ucraniano. “Na mesa de negociações, foi tudo feito com boa fé. Quero agradecer ao diretor desportivo e ao presidente do Benfica”, disse o dirigente à Sport TV.

“Eles mostraram que apoiam a Ucrânia”, acrescentou Palkin, referindo: “Enviaram ajuda humanitária para os refugiados ucranianos, toneladas de comida e bens essenciais. Tudo aquilo de que o nosso povo precisa neste momento”.

As declarações surgem dias depois do responsável do clube ter acusado vários clubes da Europa, não especificando, de se estarem a aproveitar da situação do Shakhtar para aliciar jogadores. Mas esse não é o caso do Benfica. De acordo com o diário "O Jogo", o Benfica terá usado o negócio de Neres para saldar uma dívida de 15 milhões de euros que os ucranianos teriam com os encarnados, ainda da venda de Pedrinho no último defeso.