Tribuna Expresso

Perfil

Benfica

Pedrinho e as reclamações de Jesus: “Às vezes você faz uma jogada no treino e ele ofende-te. O jogador fica com medo de fazer”

O jogador brasileiro, que esta temporada deixou o Benfica ao fim de apenas uma temporada para assinar com o Shakhtar Donetsk, não poupou Jorge Jesus numa entrevista ao programa de televisão Gazeta Esportiva, do Brasil, dizendo mesmo que o treinador português não dá "total liberdade para conversar"

Tribuna Expresso

Octavio Passos

Partilhar

Pedrinho teve uma fugaz passagem pelo futebol português. O brasileiro chegou ao Benfica do Corinthians, ainda pela mão de Bruno Lage, e nunca foi uma aposta de Jorge Jesus. Esta temporada, deixou o Estádio da Luz e assinou pelo Shakhtar Donetsk, onde se tem destacado. E numa entrevista ao programa de TV Gazeta Esportiva, do seu país, o jogador falou do seu período no Benfica, deixando algumas críticas a Jesus, nomeadamente à forma como lida com os jogadores.

“Nunca duvidei da forma técnica do Jorge Jesus. Ele é muito bom. Mas a forma como ele trata as pessoas é determinante para o rendimento. Algumas pessoas lidam de forma mais fácil. Alguns jogadores, com ele, acabam a jogar sob pressão. Aqui, o treinador do Shakhtar [Roberto De Zerbi] fala que é preciso ter prazer de jogar. Lá você tinha uma pressão para não errar. Ele não dá total liberdade para conversar”, sublinhou o médio-ofensivo.

“Às vezes você faz uma jogada no treino e ele ofende-te, como se te estivesse a julgar, e você só quer ajudar. O jogador fica com medo de fazer. Você pensa: ‘se eu fizer isto, ele já vai reclamar’. Chega a um momento em que você não se sente confortável em campo. Há jogadores que sentem e não conseguem render”, continuou ainda o futebolista de 23 anos, que explicou também que a "adaptação foi rápida" em Portugal, mas que a falta de oportunidades foi determinante para procurar outras paragens.

"Por não ter oportunidades preferi ir à procura. Aqui tenho muitos brasileiros que me ajudam. Claro que há o frio, mas a adaptação acabou por ser rápida. Tive sequência de jogos, confiança. Quando se está bem dentro de campo, é uma consequência”, contou.

Pedrinho falou ainda da situação de Everton Cebolinha, um dos jogadores mais criticados pelos adeptos do Benfica e que também não tem recebido a confiança de Jesus para jogar a titular de forma constante. E por ter essa experiência, Pedrinho diz estar a aconselhar Everton, com quem conversa "diariamente".

"Falo que vir para o Shakhtar ajudou bastante. Que pense direito, não quero influenciar na decisão. Quero ver ele a jogar, feliz. Que ele se possa sentar com a família e decidir”, explicou.